Um trio identificado como Charles Pinto Cardoso, 26, Evandro Vieira de Almeida, 28, conhecido como “Camarão”, e Jozimar Pereira da Silva, 32, conhecido como “Major”, foram presos, no último domingo (8), pelos crimes de homicídio qualificado, ocultação de cadáver e associação criminosa, cometidos contra João dos Santos, que tinha 21 anos, conhecido como “Catitu”, no município de São Sebastião do Uatumã.

De acordo com as equipes policiais da 44ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) , as diligências iniciaram após familiares de João registrarem um Boletim de Ocorrência (BO), relatando que o jovem estava desaparecido desde o dia 29 de maio deste ano. Eles foram presos em cumprimentos a mandados de prisão preventiva.

“Na ocasião do desaparecimento, João havia sido chamado pelo trio para trabalhar carregando madeira naquela localidade, para que a vítima pudesse quitar uma possível dívida de drogas que tinha com Evandro”, disseram as equipes.

Ainda segundo os policiais civis lotados na unidade policial, após tomar conhecimento de que o paradeiro de João era incerto, as equipes se deslocaram para encontrá-lo.

“O corpo da vítima foi encontrado enterrado em um terreno, pertencente a um dos autores. Então, iniciamos as investigações para localizar o trio criminoso. Após as expedições dos mandados, seguimos em diligências e conseguimos efetuar suas respectivas prisões, no bairro São Francisco, naquele munícipio”, informaram.

Decisão judicial

Os mandados em nome dos suspeitos foram expedidos no dia 4 de junho deste ano, pelo juiz Diego Martinez, da Comarca de São Sebastião do Uatumã.

Procedimentos

Charles, Evandro e Jozimar responderão por homicídio qualificado, ocultação de cadáver e associação criminosa e ficarão à disposição da Justiça.