A deputada estadual Joana Darc (PL) visitou, no último sábado (30), a Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Rio Negro, onde conheceu os projetos para o enfrentamento do novo Coronavírus na região. Além de discutir e propôr planos de ações, a parlamentar também pôde conversar com os comunitários. A primeira comunidade visitada foi Tumbira, que não possui casos de pessoas com Covid-19.

A visita foi realizada em parceria com Fundação Amazonas Sustentável (FAS), representada pelo superintendente Virgílio Neto. O secretário de meio ambiente Eduardo Taveira e a secretária de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), Caroline Braz também estiverem presentes. Na ocasião, Virgílio apresentou o projeto “SUS Caboclo”, com atendimento de saúde feito por uma moradora da comunidade, que é técnica de enfermagem.

Para Joana Darc, trabalhos como os que estão sendo desenvolvidos na RDS devem ser replicados em outras reservas. “Estou sempre acompanhando os projetos da FAS, que faz um ótimo trabalho em parceria com o Governo e outros parceiros. Esses trabalhos que são realizados nas RDSs, nas comunidades ribeirinhas e indígenas são
diferenciados, e muitas vezes suprem o que o próprio poder público não consegue fazer. Então a gente sempre vem trazendo novidades, ações efetivas, saindo com várias demandas e missões a cumprir em prol do todas as pessoas que moram aqui”.

Além de indicações de políticas públicas voltadas às comunidades, Joana se colocou a disposição para trabalhar em outros projetos. “Toda vez que fazemos essas visitas temos um retorno muito positivo e ideias para desenvolver com essas famílias. Além de fazer meu papel como deputada, também me coloco à disposição para outros trabalhos e já temos muitas ideias do que fazer aqui”, frisou.

Castrações

Darc aproveitou para anunciar um mutirão de castração que será realizado com os animais da comunidade. “Iremos fazer uma campanha em prol dos animais, que também é minha causa. E tenho certeza que será mais um lindo trabalho realizado com nossos parceiros. Me sinto muito feliz em ter esse contato com a natureza. E entender o trabalho e poder contribuir com essas pessoas para mim é muito gratificante”, disse.

O secretário de estado de meio ambiente, Eduardo Taveira, também falou da importância das reservas para o Estado. “É como eu sempre falo, qualquer reserva, em especial as que tem parcerias, acabam sendo ilhas de prosperidade, com potencial para desenvolver políticas públicas em várias áreas”.

Projetos

Para auxiliar as comunidades no enfrentamento ao novo Coronavírus, a Fundação Amazonas Sustentável (FAS) desenvolve a Aliança dos Povos Indígenas e Populações Tradicionais e Organizações Parceiras do Amazonas para o Enfrentamento do Coronavírus, com ajuda de vários parceiros, entre órgãos públicos e iniciativas privadas.

O superintendente da FAS Virgílio Viana explica sobre projetos voltados para a RDS Rio Negro. “Além do SUS Caboclo, também estamos deixando em cada comunidade combustível para casos de emergência, para que essas pessoas possam se deslocar por conta das dificuldades logísticas. Também alinhamos com a Susam o transporte de emergência para a capital, pois não queremos que as pessoas tenham a saúde prejudicada por não terem como se locomover”.

Além disso, a fundação está implementando nas comunidades parceria para atendimento e tratamento psicológico nas comunidades.