Anamã- O prefeito do município de Anamã, resolveu presentear seu filhilho com a chave do cofre da cidade, o documento conta no Diário Oficial do Município do último dia (24/02).

Segundo consta no Diário Oficial, Francisco Nunes colocou nas mãos do filho Ruam Stayne Batalha Bastos a chave do cofre da prefeitura.

Já não bastasse Ruam ser secretário de Finanças do município, agora ele ainda anda em poder da chave do cofre do município.

Não se emenda

Anteriormente, Francisco Nunes já havia sido acusado de nepotismo e improbidade administrativa, a ação corre junto ao Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM).

Seu filhinho, foi responsável por administrar mais de R$ 62, 4 milhões de verbas públicas em 2020. De acordo os dados do Portal da Transparência, Anamã recebeu, no ano passado, R$ 30,8 milhões do governo federal e teve uma receita estimada em R$ 32, 4 milhões. Para 2021, a estimativa do orçamento fiscal do município é de R$ 41,7 milhões. 

No dia 17 de novembro de 2020, conta uma decisão emitida pela juíza Silvânia Corrêa, em que afirma reconhecer indícios de improbidade administrativa.

“Da análise dos autos, verifico que a parte autora já apresentou as informações requeridas, não obstante tenha sido indeferida a liminar pleiteada, entendo que estão presentes nos autos indícios de cometimento de atos previstos na Lei de Improbidade Administrativa”, escreveu na decisão.