Três homens foram presos e um menor apreendido, todo material roubado foi recuperado.
A Polícia Civil de Manacapuru prendeu todos os envolvidos no latrocínio de Bonerges Aguiar Lima Filho (59), crime que aconteceu na noite de segunda-feira (23) em um sítio no KM 30 da Rodovia AM 352, que liga Manacapuru à Novo Airão.
 
Foram presos Halyson Thalyson Sousa da Silva (22), Miqueias Aguiar de Araújo (18), Samuel Silva dos Santos (26) e um menor de 17 anos foi apreendido. De acordo com o Rodrigo Torres, delegado titular de Manacapuru as investigações apontaram que o menor foi o autor intelectual do crime e os outros três foram os executores. “O menor mora próximo do sítio onde ocorreu o crime, ele que articulou e informou os outros três de como proceder, esse crime foi planejado a pelo menos uma semana, inclusive eles chegaram a matar o cachorro da vítima, a pauladas para facilitar a ação”. Disse Torres.
 
Após prender o primeiro envolvido o mesmo confessou o crime e entregou os demais suspeitos. Todos os materiais roubados da residência foram localizados, incluindo a moto da vítima que foi localizada em Novo Airão. “Após cometer o crime os suspeitos fugiram para Novo Airão levando a moto da vítima, lá eles trocaram a motocicleta por outra moto, os demais materiais estavam escondidos na mata de sítios da rodovia”. Ressaltou
 
Uma TV de 40 polegadas, um lava-jato e a motocicleta teriam motivado o latrocínio. Os presos e o menor apreendido foram apresentados na Delegacia de Manacapuru e já estão sob mandado de prisão expedido pela Justiça de Manacapuru. Torres ressaltou o trabalho da equipe de Manacapuru na solução de mais esse latrocínio em Manacapuru. 
“Nossa equipe atuou de forma contínua desde as primeiras horas após o crime, conseguimos as informações, aprofundamos as investigações e por fim fomos em diligência para prender os suspeitos, então está de parabéns toda equipe pelo empenho”. Finalizou

Informações:  na hora