A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da equipe de investigação da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Eirunepé (distante 1.160 quilômetros da capital), cumpriu, nesta quarta-feira (03/03), por volta das 6h, mandado de prisão preventiva em nome de Rael de Lima Ferreira, 34, pelo crime de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, ocorrido neste ano, naquele município.

De acordo com o investigador de polícia Gonzaga Júnior, gestor da DEP, o infrator comandava a rede de tráfico de drogas no bairro da Baixada. As diligências iniciaram após o mandado de prisão em nome dele ser expedido pelo juiz Jean Carlos Pimentel, da Vara Única da Comarca de Eirunepé.

“As investigações apontaram que o indivíduo estava escondido em uma comunidade identificada como Rio Eiru e, posteriormente, iria para uma casa no bairro Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, naquele município. Ele alegava que devido à enchente em Eirunepé, não conseguiríamos prendê-lo”, informou Gonzaga.

Ainda conforme o gestor da DEP, as equipes se deslocaram de canoa até o local e, durante a abordagem, Rael tentou fugir pelo rio, mas foi alcançado. Na casa dele, os policiais apreenderam, ainda, uma arma de fogo e munições.

Procedimentos 

 Rael irá responder pelos crimes de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Ao término dos procedimentos cabíveis, ele permanecerá na carceragem da DEP, à disposição da Justiça.

Foto: Alailson Santos/PC-AM