Policiais civis do 9° Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob a coordenação do delegado Pablo Geovanni, titular da unidade policial, cumpriram, ao longo dos últimos dias, mandados de prisões preventivas por roubo majorado em nome de Anderson de Almeida Lima, 20, e Leonardo Almeida Viana da Silva, 25. Eles são apontados como autores de roubo a uma loja de eletrodomésticos, situada nas dependências de um shopping Center, no bairro São José Operário, zona leste da capital.
 
Conforme o delegado, o crime aconteceu na noite do dia 1° de julho deste ano, por volta das 21h. Na ocasião do delito, foram roubados 17 aparelhos celulares da loja. Geovanni informou, que após tomar conhecimento sobre o crime e identificar os infratores por meio das investigações, representou pelo pedido de prisão em nome deles.
 
“Estamos realizando diligências com o intuito de recuperar todos os aparelhos celulares que foram roubados. Durante buscas no Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), constatamos que já havia um mandado em aberto no nome de Anderson, também, por roubo majorado que ocorreu no dia 11 de dezembro de 2018, no bairro Tancredo Neves, zona leste de Manaus”, explicou o delegado.
 
Prisões
 
De acordo com o titular do 9° DIP, a prisão de Leonardo foi efetuada na manhã da última sexta-feira (13/09), na casa onde ele estava morando, situada na rua Anador, bairro Jorge Teixeira, zona leste da cidade. Já Anderson foi preso na tarde da última segunda-feira (16/09), na residência dele, situada na rua Alecrim, no bairro supracitado.
 
Os mandados de prisão preventiva em nome de Anderson e Leonardo foram expedidos no dia 23 de agosto deste ano, pela juíza Careen Aguiar Fernandes, da 7ª Vara Criminal.
 
Indiciamento
 
Anderson e Leonardo foram indiciados por roubo majorado. Ao término dos procedimentos cabíveis no 9° DIP, a dupla será conduzida ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), localizado no quilômetro oito da rodovia federal BR-174, onde irá ficar à disposição da Justiça.