Durante uma aula na escola Waldemar Barroso, em Fortaleza (CE), o ‘professor Cristiano’, além de xingar o presidente Bolsonaro de ‘demônio’ e ‘cão’, acusou-o diretamente de ser o mandante da morte da vereadora carioca Marielle Franco.


As crianças da escola, tiveram uma aula de falta de educação e doutrinação política explícita, movida a calúnia.


O fato absurdo, foi gravado discretamente por alunos durante essa manifestação do professor, e chegou às mãos do deputado estadual André Fernandes, do PSL do Ceará, que fez a denúncia.

Veja no link: https://www.facebook.com/gleyson.tv/videos/478296749714133/?v=478296749714133