A Prefeitura de Maués inicia mais uma etapa na vacinação contra a Covid-19. Após vacinar portadores de diabetes, obesidade mórbida, cardiopatias, hipertensos, grávidas com algumas destas comorbidades, o município começará atender pessoas transplantadas, oncológicos, doenças respiratórias crônicas, neurológicas, renais crônicos , anemia falciforme, cirrose hepática, pessoas vivendo com HIV e doenças reumáticas, de 18 a 49 anos.

“Estamos acelerando conforme chegada das vacinas, para que a população seja imunizada o quanto antes”, explica o prefeito, Júnior Leite.

Apenas a Escola Livro Aberto, localizada no bairro Santa Luzia, estará atendendo este público, no período de 19 a 23 de abril, mas, para ter o direito à vacina, é necessária a seguinte documentação: documento de identificação original com foto (carteira de identidade ou de trabalho), Cadastro de Pessoa Física (CPF), cartão de vacina, laudo médico original e cópia.

Quem não possui o laudo médico poderá apresentar receita médica original e cópia, em papel timbrado oficial do Sistema Único de Saúde (SUS) ou de estabelecimento de saúde de rede particular.

O prefeito faz alerta para os munícipes que por algum motivo não se vacinaram no período que abriu para a sua faixa etária. “Estas pessoas podem ser imunizadas, basta buscar um dos postos de atendimento. Lembrando que quem está acamado e está em algum destes grupos que já foi vacinado, a família pode procurar a sua UBS de referência e solicitar a visita da equipe”, conclui.