Brasil – O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), comunicou aos parlamentares que a instalação da CPI da Pandemia do novo Coronavírus, ocorrerá na terça-feira da semana que vem (27).

Escolhido para presidir a Comissão Parlamentar de Inquérito, o senador Omar Aziz (PSD-AM) disse que Pacheco adiou a sessão alegando questões de “segurança”, mas não soube detalhar os motivos.

Por ser o membro mais velho, o senador Otto Alencar (PSD-BA) tem a prerrogativa de abrir os trabalhos do colegiado, e garantiu que vai seguir as orientações de Pacheco sobre a data, que desagradou integrantes da ala independente e de oposição.


Marcar a instalação é uma atribuição exclusiva do presidente Pacheco. Ele acabou de me ligar dizendo que vai liberar o ambiente do Senado, a comissão, para a próxima terça-feira, às 10 horas”, disse Alencar.


Ele destacou que não tem autonomia de convocar ou mudar a data de uma sessão, “Quem autoriza a convocação é o presidente. E eu, por ser o mais velho, vou abrir no dia 27, terça-feira próxima. Eu não posso ultrapassar aquilo que é atribuição exclusiva do presidente Rodrigo Pacheco”, encerrou.