Amazonas – Os irmãos gêmeos Ronan Reis da Silva e Ronei Reis da Silva, de 29 anos, foram assassinados na madrugada da última sexta-feira (2), na casa onde moravam, no quilômetro 45, próximo a Silves (a 200 quilômetros de Manaus). 

Os corpos foram encontrados por outros moradores da região e a Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência. Depois que a polícia constatou a veracidade do crime, os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML), em Manaus. 

De acordo com o Sargento da Polícia Militar, Cásssio Borges, que acompanhou a ocorrência, a confirmação que os irmãos receberam vários tiros espalhados pelo corpo, inclusive na cabeça e nos braços. Apesar de ainda não ter a confirmação da quantidade de tiros e da arma, suspeita-se de que as balas eram de uma espingarda. 

Ainda conforme a polícia, os gêmeos eram do estado do Pará, e estavam no interior há três anos. Os gêmeos já tinham passagem pela polícia.

O sargento acredita que o duplo homicídio teve motivação pelo envolvimento dos irmãos no tráfico de drogas e no crime. Na casa, só moravam os dois, porém, eles possuíam familiares no estado, mas ninguém quis comentar o caso. 

A Polícia Civil, deve investigar o crime.