Nesta segunda-feira (26) o prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), lançou o edital do processo seletivo do programa Bolsa Universidade, que vai ofertar 16 mil bolsas de estudos para a população de baixa renda.

O programa contempla pessoas residentes em Manaus e que possuem renda familiar de até 1,5 salário mínimo. Os cursos de graduação são para ingresso no segundo semestre deste ano.

Nesta edição, o quantitativo de bolsas integrais é de 504 já as parciais de 75% chegam a mais 6 mil bolsas e 50%, mais de 9 mil. Nessas bolsas, há cotas para idosos e Pessoas com Deficiência (PcD), totalizando mais de 800 bolsas. O processo seletivo será em três etapas: inscrição eletrônica, classificação e entrega de documentos.

Segundo David Almeida, o programa Bolsa Universidade abre a perspectiva e horizonte de milhares de pessoas que buscam estudar em uma instituição de ensino superior.

‘Coisas boas nós temos que enaltecer. O programa é uma ideia fantástica que foi criada em outras gestões e que a cada ano se amplia. E que a cada ano abre perspectiva e horizontes de centenas de pessoas. E que este ano serão para 16 mil pessoas entre elas jovens, pessoas com deficiência (PCD) e terceira idade, e todos serão contemplados com a possibilidade de estudar numa instituição de ensino superior”, disse David.

David, ainda salientou que ao todo são 13 instituições de ensino superior que fazem parte do programa Bolsa Universidade e que darão a oportunidade para que as pessoas se qualifiquem para o mercado de trabalho.

“Em um mundo competitivo, a graduação é a ferramenta é a libertação e a chave que irá abrir as portas para as oportunidades, emprego e acima de tudo, o sustento e a dignidade das famílias, e que em muitas vezes, perdem por uma oportunidade de estudar em uma escola ou faculdade. E a prefeitura dá continuidade, a um bom programa criado em gestões anteriores”, salientou o prefeito.

O diretor-geral da Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), Júnior Nunes, garantiu que os antigos beneficiários do programa, não terão suas bolsas afetadas com o lançamento deste edital.

“Não existe essa possibilidade de perderem a bolsa. Estamos fornecendo inclusive mais bolsas integrais, que somando as dos três últimos anos, dá o total de 2021. Isso também vale para o processo de outubro, do bolsa pós-graduação e idiomas. Os bolsistas podem ficar tranquilos quanto a isso”, completou.

O edital com as condições para participações e lista de cursos ofertados será publicado na noite desta segunda-feira (26), no Diário Oficial do Município.

As inscrições ficarão abertas no período de 3 a 17 de maio. Serão 13 instituições de ensino superior parceiras. Juntas, elas oferecem cursos em 49 áreas de conhecimento no endereço http://bolsa.manaus.am.gov.br, onde será possível escolher o curso e a instituição que o candidato deseja concorrer.